Umbanda Inicial


14/12/2009


Série Orixas 4- Ogum

 

A palavra guerra, carrega em si um significado muito triste, pois nos lembra os eventos em que nós encarnados e desencarnados conseguimos colocar em prática o que temos de pior dentro de nós.

Mas temos de saber também que a guerra produz os guerreiros que são os sinais de força e coragem e que estão prontos para defender o ideal que abraçaram.

Ogum o orixá guerreiro está sempre a pronto a defender os ideais do pai maior e também a todos que também defendem esses mesmos ideais.

Na nossa guerra diária contra os maus espiritos e contra os maus pensamentos a mais preciosa ajuda é estar ao lado da espada e da lança de Ogum, pois assim venceremos muito mais fácil as batalhas que temos pela frente!

Ogunhê!

Escrito por Rafael às 13h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Rafael às 11h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/12/2009


Série Orixás 3- Oxóssi

O caçador das almas e das matas, sempre pronto a nos defender, Oxóssi nunca desampara seus filhos!

Ele é o patrono dos caboclos, trabalhadores incansáveis da sagrada umbanda e que a cada dia nos inspiram com seus conselhos e suas posturas.

Que oxóssi atravé do poder das ervas e das plantas possa estar sempre pronto a nos salvar.

A coragem e a força representadas pelo caçador e que são transmitidas aqueles que aceitam o arco e a flecha como suas ferramentas de trabalho e  as empunham com determinação, esses não pereçerão no caminho pois sob a tutela do grande orixá conbseguirão vencer todas as batalhas e assim honrar aquele que sempre está as postos para nos ajudar.

Chetuá Oxóssi!

Escrito por Rafael às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/12/2009


Série Orixás 2- Iemanjá

A mãe simboliza o amor maior que há na terra, e nossa querida mãe não difere disso. Ela representa todo o amor e faz esse amor despertar de dentro de nós nos conduzindo sempre para as melhorias da nossa vida.

Iemanjá já começa diferente na sua representação figurativa, sendo a única entidade da umbanda que possui imagem propia sem precisar de uma representação sincretizada com os santos católicos e nem precisar se utilizar das imagens dos orixás do Candomblé.

Ela está no mar, sempre de braços abertos no aguardo de seus filhos e pronta para acalenta-los, dando tranquilidade no balanço das ondas do mar.

Que seu amor se estenda sempre por todos os corações da terra minha mãe sereia!

Adocyaba minha mãe!

Escrito por Rafael às 09h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/11/2009


Série Orixás 1- Oxalá

O construtor e administrador do planeta Terra, regente maior dos Orixas e dos destinos de todos nós, Oxalá está sempre velando por nós!

Infelizmente muitos de nós ainda não despertamos para o auxilio que vem dessa força e continuamos a bater a cabeça (e não é no congá) e damos uma volta imensa para atingirmos nosso objetivo.

Mas apesar de todas as decepções e frustrações que passamos no passado não devemos nunca  abandonar a confiança na força maior do Pai! Assim estaremos economizando muito sofrimento na nossa encarnação e com certeza chegando muito rápido ao objetivo de nossa encarnação!

Salve pai Oxalá!

Escrito por Rafael às 09h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/11/2009


Laroiê!!

Salve os guardiões de todos os templos espalhados pelo mundo. E quando digo todos são todos mesmo, desde os templos de umbanda até as portas do edir macedo (mas não protegem o próprio).

Esses incansáveis trabalhadores da lei, estão sempre prontos a defender a lei e executar os seus desiginos. Não são entidades que trabalham no mal como pensa o povo, mas sim espíritos que cumprem com a determinação da justiça e quando necessário e justo executam as mais poderosas atividades! Punindo aqueles que merecem punição e auxiliando os que tem creditos no bem!

Tudo o que podemos fazer para nos aproximar cada vez mais de nossos guardiões é justamente andarmos a serviço da lei e com ela em nossos corações trilhar o caminho da verdade e da justiça!

Obainá Exuriá Saravá!

 

 

Escrito por Rafael às 14h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/10/2009


Umbanda e Espiritismo

Zélio de Moraes e Alan Kardec

Se tem duas coisas que se confundem no imaginario popular, e que todos os leigos colocam na mesma panela e misturam, essas coisas são a umbanda e o espiritismo.

Por conta dos dogmas da mediunidade e da reencarnação, que fazem com que as duas tenham semelhanças, esse cozido religioso se justifica, mas atualmente o que não se justifica são os praticantes das duas religiões ainda desconhecerem os preceitos e atividades uma da outra.

Tanto a umbanda como o  espiritismo, tem o objetivo de auxiliar as pessoas utilizando principalmente o mecanismo da mediunidade redentora, o que traz aos trabalhadores da duas searas uma mesma responsbilidade, a do trabalho no bem, cumprindo o que manda a lei de Deus ou lei natural se preferirem!

O espiritismo, doutrina codificada por Alan Kardec, faz uso da mediunidade em reuniões fechadas, visando principalmente o trabalho de orientação aos desencarnados em sofrimento utilizando o aparelho mediúnico como canal de comunicação para esse sofredor e através da doutrinação e encaminhamento o espírito é direcionado para  o auxilio dos planos invisíveis.

A umbanda, utiliza a mediunidade em reuniões abertas, e o cavalo, é ultilizado para a comunicação dos seus guias, que orientam e aconselham os encarnados auxiliando-os em seus problemas.

Mas depois que se atravessa o véu de Isis e se penetra no mundo espiritual, as atividades se confundem e o trabalho se mistura, visto que para os trabalhadores do espaço não existem essas barreiras e diferenças e o que vem em primeiro lugar é a atividade no bem. Espíritos criados nas falanges de umbanda penetram as casas espíritas e auxiliam na manutenção do plano astral e do campo vibratório, por sua vez espíritos das linhas de trabalho das cidades espirituais regidas pelas direções do espiritismo assumem a roupagem dos queridos pretos-velhos e dão seus sábios conselhos nos terreiros de umbanda!

Que possamos estudar e acima de tudo compreender o proximo a assim ter livre transito em todas as esferas!

Saravá!

 

Escrito por Rafael às 10h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

25/09/2009


Escrito por Rafael às 15h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Salve as crianças da umbanda!

 

 

Acho que se precisarmos escolher um mistério dentro da maravilhosa umbanda, nem muita briga vamos ter que gerar, pois é quase senso comum que esse mistério está relacionado as crianças que trabalham na umbanda.

Em cada pagina da web que pesquisamos, com cada Babalaô que conversamos ou em em cada livro que lemos, cada um vai emitir uma opinião sobre o que são as crianças, de onde vem ou em que plano moram. E parece que essa celeuma vai continuar até que consigamos transcender um pouco mais a nossa condição e evoluirmos até um patamar em que possamos realmente desvendar esse místerio.

E enquanto esse tempo não chega, devemos sim escutar os sabios conselhos desses seres e estar com os ouvidos bem abertos para as palavras consoladoras e os fluidos benéficos que eles nos derramam!

Salve as crianças!

Salve Cosme e Damião!

 

Escrito por Rafael às 15h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

23/09/2009


Anjo da Guarda!

Não tem horas que parece que a gente está sozinho no mundo e ninguém nos entende...

Pois é, nessas horas era fundamental que a gente se lembrasse de um pessoa que está sempre junto da gente e a gente nunca se dá conta!

É, é ele mesmo, o nosso anjo da guarda, que vela por nóse tenta de todas as formas nos manter longe das agruras da vida e diminuir os espinhos do nosso caminho!

Tomara que agente possa realmente tomar consciência desse protetor e tratá-lo com muito mais carinho do que estamos acostumados, lembrarmos dele no nosso dia-a-dia e agradecermos pela proteção que ele nos dá!

Com tanta enrascada em que agente se mete, haja mel e haja vela! Mas tomara que não falte parafina, pois a minha vela vai estar sempre acesa pra ele!

Obrigado meu protetor!

 

Escrito por Rafael às 14h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/09/2009


"E viva os caboclos da umbanda!"

Escrito por Rafael às 14h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Umbanda para quem ta começando..

A umbanda é um caminho muito bonito, mas muito dificultoso, pois nós os iniciantes da religião, ficamos maravilhados com as realizações daqueles que militam nas fileiras de Oxalá há muito tempo e muitas vezes queremos colocar o carro na frente dos bois.

Nesse começo de trabalho muitos perigos rondam os médiuns iniciantes como a vaidade, a pressa, o animismo...tudo gerado pela ansiedade de iniciar os trabalhos com seus guias e seus orixás!

Infelizmenbte não são todas as instituições que estão preparadas para lidar com os médiuns iniciantes e esses acabam muitas vezes sendo mal direcionados e entram por caminhos  que depois se mostram  muito difíceis de sair, mas que mesmo perdidos sempre vão ter chances de poder reencontrar o caminho da luz e do entendimento guiados por pais-de-santo preparados e sensatos e assim poder desenvolver suas faculdades mediúnicas com esmero e com todo o potencial de trabalho.

 

Escrito por umbandainicial às 11h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico